Internacional

Jovem morre no dia do seu 18.º aniversário por erro de restaurante de fast food

A cadeia de fast food já garantiu que vai assumir todas as responsabilidades sobre a morte do jovem. 

Owen Carey morreu no dia que chegou à idade adulta. No dia do seu 18.º aniversário, em 2017, a namorada resolveu celebrar a data e levar o jovem a uma exposição sobre o filme Star Wars e a jantar numa cadeia de fast food britânica, Byron, no centro da cidade de Londres.

O jovem acabou por morrer nos braços da namorada, depois de ter sofrido um choque anafilático. Owen Carey era alérgico ao trigo e aos laticínios e, segundo confirmações dadas recentemente pelo tribunal, este tinha avisado o restaurante sobre quais os ingredientes proibidos no seu prato.

“A vítima alertou os colaboradores para as suas alergias. O menu não fazia referência a nenhum molho ou potencial ingrediente alergénico na comida que pediu”, concluiu o perito Briony Ballard, num documento enviado ao tribunal, na última sexta-feira.

O seu prato continha vestígios de manteiga, ingrediente que não estava declarado na composição do hambúrguer que ingeriu. “A vítima não foi informada que o pedido continha alergénicos. A comida consumida pela vítima continha laticínios, que lhe provocaram uma anafilaxia severa, que veio a provocar-lhe a morte”, acrescentou.

Owen Carrey foi conduzido ao hospital, mas o óbito foi declarado após 45 minutos de várias tentativas de reanimação por parte da equipa médica.  A cadeia de fast food já garantiu que vai assumir todas as responsabilidades sobre a morte do jovem.