Desporto

Jornalista italiano faz comentários racistas em direto e é despedido

"A única maneira de o parar é dar-lhe 10 bananas para comer", disse o profissional de 80 anos. 

O jornalista desportivo italiano Luciano Passirani foi despedido, depois de ter feito comentários racistas em direto. Ao comentar o avançado belga do Inter de Milão, Romelu Lukaku, o jornalista disse que é "impossível ganhar um-para-um com ele" e disse que a "única maneira de o parar é dar-lhe 10 bananas para comer". 

Depois da polémica envolta sobre os comentários, o canal italiano TopCalcio 24 decidiu despedir o homem de 80 anos, mesmo depois deste ter pedido desculpas publicamente. Fabio Ravezzani, o diretor de programas do canal, reconhece que a intenção do jornalista era elogiar o jogador, no entanto afirma que "a falta de lucidez" o impede de continuar a trabalhar para o canal.