Internacional

Grávida de seis meses morre no dia do próprio casamento, mas bebé sobrevive

Jéssica foi socorrida pelo próprio noivo à porta da igreja

Jéssica Victor Guedes, de 30 anos, estava grávida de seis meses no dia em que se ia casar. A caminho do casamento, que se ia realizar na zona norte de São Paulo, no Brasil, a enfermeira começou a sentir-se mal e foi o próprio noivo, já na porta da igreja que a socorreu.

Segundo o site G1, Jéssica foi levada para o hospital Pro Matre Paulista, onde foi realizado um parto de emergência. A filha do casal, a pequena Sophia, nasceu prematura com um quilo e 34 centímetros. A mulher acabou por não resistir e morreu após o procedimento, este domingo.

Num comunicado, o hospital confirmou que Jessica deu entrada na maternidade no último domingo e que neste momento, aquela unidade hospitalar está a prestar apoio a toda a família.

Sophia deverá permanecer no hospital pelo menos dois meses. De forma a ajudar com as despesas hospitalares, os amigos do noivo, Flávio Gonçalves, um tenente da Polícia Militar, organizaram uma angariação de fundos.

Jéssica teve morte cerebral e a família optou pela doação dos seus órgãos.