Politica

Inscrição para voto antecipado arranca no domingo

Para quem não posso ir às urnas no dia 6, há mesas de voto no final deste mês.

As eleições estão marcadas para dia 6 de outubro, mas há quem possa votar ainda este mês. É já a partir deste domingo que os eleitores que não puderem ir às urnas podem inscrever-se através da plataforma www.votoantecipado.mai.gov.pt ou pedir por via postal à Secretaria-Geral do ministério da Administração Interna, Praça do Comércio, Ala Oriental, 1149-015 Lisboa. O prazo termina na quinta-feira da próxima semana e os eleitores inscritos poderão votar no dia 29 de setembro.

O mecanismo do voto antecipado foi usado ainda este ano, nas eleições europeias de 26 de maio. Das cerca de 20 mil pessoas que se registaram na plataforma, 85% exerceu o seu direito de voto, segundo dados fornecidos pela secretária de Estado adjunta e da Administração Interna, Isabel Oneto.

Foi após esta experiências se ter mostrado positiva que a possibilidade do voto em mobilidade – para quem não pode ir às urnas no dia 6 ou está deslocado da sua zona de residência – surgiu. Assim, é possível para que um eleitor escolha onde quer votar, mesmo que o círculo eleitoral não seja o seu. O boletim de voto corresponderá ao seu círculo e não ao do local físico onde votou.

De forma a evitar 40 minutos de espera como se verificou em Lisboa e no Porto em maio passado, o governo anunciou a semana passada que as mesas de voto nestes casos vão funcionar em locais maiores do que anteriormente, como a reitoria da Universidade de Lisboa e o pavilhão do Centro Cultural e Desportivo dos Trabalhadores da Câmara Municipal do Porto.

Para os doentes internados e os presos não privados de direitos políticos, o requerimento tinha que ser preenchido até dia 16 deste mês.