Economia

Lucros do Banco Montepio afundam para 3,6 milhões no 1º semestre

No ano passado, o banco tinha registado lucros de 15,8 milhões de euros.

O Banco Montepio registou lucros de 3,6 milhões de euros no primeiro semestre, quatro vezes menos do que os 15,8 milhões de euros dos primeiros seis meses de 2018.

A instituição financeira explica que esta queda do resultado líquido em 77% contribuíram fatores como «menor contribuição do Finibanco Angola (menos 5 milhões de euros) e a menor eficiência fiscal face à verificada no primeiro semestre de 2018 (mais 8,5 milhões em impostos)» revelou em comunicado. Também a diminuição do produto bancário (menos 18,5 milhões de euros face a junho de 2018), conjugados com os impactos positivos resultantes da redução dos custos operacionais (memos 7,3 milhões de euros em relação ao período homólogo de 2018) contribuíram para esta redução dos resultados. 

Já as comissões líquidas  subiram 0,5% atingido 57,7 milhões de euros, enquanto os custos operacionais reduziram 7,3 milhões de euros, menos 5,5%, totalizando 47,1 milhões de euros, «suportada na diminuição dos custos com pessoal em 6,4 milhões de euros (-7,6%), na diminuição dos gastos gerais administrativos em 5,2 milhões de euros (-14,2%) e no aumento de 4,3 milhões de euros (+35,4%) das depreciações e amortizações».


As dotações para  imparidades e provisões totalizaram 47,1 milhões de euros. Trata-se de um decréscimo de 12,4 milhões de euros (uma queda de 20,8%).