Desporto

UEFA abre processo contra o FC Porto por alegados cânticos racistas

Em causa estão cânticos dirigidos a Nsamé durante o jogo com o Young Boys, para a Liga Europa, esta quinta-feira

A UEFA informou esta sexta-feira, que abriu um procedimento disciplinar ao F. C. Porto. Em causa estão alegados cânticos racistas, no jogo frente ao Young Boys, a contar para a primeira jornada da fase de grupos da Liga Europa.

"O Comité de Controlo, Ética e Disciplina da UEFA tratará deste caso na sua próxima reunião, a 26 de setembro [próxima quinta-feira]", informa a UEFA, que refere que a referida situação pode ter violado o o artigo 14.º do regulamento disciplinar.

Recorde-se que decorria o minuto 15 quando o Young Boys conquistou uma grande penalidade. Quando o camaronês Jean-Pierre Nsame partiu para apontar a grande penalidade foi possível ouvir vários insultos das bancadas do Dragão. “Hey, macaco” foi umas expressões ouvidas no momento.

O F.C. Porto acabou por vencer a partida, por 2-1, com dois golos de Tiquinho Soares.