Desporto

Campeonato. A doce sensação de ser perseguido

Águias e dragões têm de vencer para destronar o Famalicão da liderança – e o Sporting também tem de dar uma ajuda na segunda-feira.

Nem o mais acirrado e fiel adepto do Famalicão poderia prever tal cenário ao fim da quinta jornada: o conjunto minhoto, recém-promovido à I Liga, soma e segue na liderança da prova, com quatro vitórias e apenas um empate, concedido no terreno do europeu (e vizinho) Vitória de Guimarães. Logo atrás, com um pontinho a menos, surgem Benfica e FC Porto, claramente mais habituados a estes patamares e espicaçados pela possibilidade de ultrapassar os surpreendentes famalicenses e chegar ao topo do campeonato.

É que o Famalicão tem, nesta ronda, a primeira verdadeira prova de fogo na competição: a deslocação a Alvalade. Os leões não se encontram numa fase particularmente feliz, é verdade – o que motivou, de resto, a demissão de Marcel Keizer e a subida de Leonel Pontes, ex-timoneiro dos sub-23, que se estreou com um empate (1-1) no Bessa. Ainda assim, e apesar de Bruno Fernandes estar suspenso, depois da expulsão nos últimos minutos do jogo com o Boavista, nunca se pode desvalorizar a força e capacidade do Sporting, principalmente quando joga diante dos seus adeptos.

A partida de Alvalade, todavia, jogar-se-á apenas na segunda-feira. Antes disso, entram em campo águias e dragões, ambos sedentos de uma vitória que lhes permita tocar o topo da tabela – ainda que apenas de forma provisória. O Benfica surge nesta jornada decidido a deixar para trás a derrota caseira na abertura da Liga dos Campeões (1-2 com o RB Leipzig), e para isso deverá voltar a contar com André Almeida, Rafa e Seferovic logo de início, depois das escolhas surpreendentes de Bruno Lage no jogo que decorreu a meio da semana. Do outro lado, ainda assim, estará um Moreirense renovado mas que vai protagonizando um início de campeonato interessante, agora sob o comando de Vítor Campelos: apenas menos um ponto que o Sporting, por exemplo.

No domingo, é o FC Porto a entrar em ação, com a receção ao Santa Clara, outra equipa bastante tranquila na tabela – tem os mesmos oito pontos... dos leões. Os homens de Sérgio Conceição sofreram a bom sofrer em Portimão, mas acreditaram até ao fim e conseguiram mesmo levar os três pontos para o Norte, tendo (à partida) a tarefa mais facilitada nesta ronda 6. B. V.