Desporto

Fraude no prémio "The Best"? Juan Barrera diz que não votou em Messi

De acordo com a lista oficial revelada pela FIFA, Barrera atribuiu a pontuação máxima (5 pontos) a Lionel Messi

Lionel Messi ganhou o prémio de melhor jogador do mundo, relativamente ao último ano. Mas pelos vistos, nem todos os votos divulgados pela FIFA estão certos. 

O capitão da seleção da Nicarágua, Juan Barrera, recorreu às redes sociais para dizer que não votou em Messi, desmentindo assim a lista publicada pela FIFA.  "Eu não votei em Messi. O ano passado sim, votei. Este ano não o fiz", declarou ao jornal La Prensa.

Ainda através das redes sociais, Barrera voltou a sublinhar que não participou na votação deste ano. "Qualquer informação sobre o meu voto é falso", escreveu no Twitter.

O jogador diz ainda não ter recebido nenhum link no seu e-mail para votar, o que impossibilitou que este fizesse parte dos votantes. De acordo com a lista oficial revelada pela FIFA, Barrera atribuiu a pontuação máxima (5 pontos) a Lionel Messi, o 2.º lugar a Sadio Mané (3 pontos) e o 3.º lugar ao português Cristiano Ronaldo (1 ponto).