Politica

Mais de 56 mil pessoas pediram voto antecipado

Quem pediu o voto em mobilidade vai poder votar dia 29 de setembro, correspondendo o boletim de voto ao seu círculo eleitoral. 

Entre domingo e quinta-feira, 56.287 pessoas pediram para votar antecipadamente nas eleições legislativas. Lisboa contou com 21.600 pedidos, sendo assim o distrito com mais pedidos, segundo a informação disponibilizada esta sexta-feira pela Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna (SGMAI). Segue-se o Porto, com 9.338 pedidos e Coimbra, com 3.045. O menor número de pedidos – apenas quatro – foi registado na ilha do Corvo, arquipélago dos Açores.

Esta é a primeira vez que o voto antecipado ficou disponível para todos os portugueses numas eleições legislativas. De acordo com a informação disponível, os 56.287 cidadãos que se inscreveram durante os cinco dias podem assim votar “em qualquer capital de distrito no continente ou de cada uma das ilhas das Regiões Autónomas”.

Quem pediu o voto em mobilidade vai poder votar dia 29 de setembro, correspondendo o boletim de voto ao seu círculo eleitoral. Porém, não é obrigatório para quem pediu o voto antecipado votar já este domingo. Os eleitores que por alguma razão se tenham inscrito mas apenas decidam fazê-lo no dia 6 de outubro podem ainda exercer o direito de voto “na assembleia ou secção de voto onde de encontra recenseada”.

De forma a evitar as filas de espera de 40 minutos que se fizeram sentir nas eleições europeias, o Governo anunciou no início do mês de setembro que o voto antecipado se ia realizar em locais de maior deminen~sao, como é o caso da Reitoria da Universidade de Lisboa ou o Pavilhão do Centro Cultural e Desportivo dos Trabalhadores da Câmara Municipal do Porto.