Internacional

Crianças juntam-se para cortar rastas a menina de 12 anos no intervalo

"Eles colocaram as minhas mãos atrás das minhas costas e começaram a cortar-me o cabelo e disseram que eu era feia", contou a vítima. 

Uma menina de 12 anos foi vitíma de bullying por três colegas da escola. As crianças prenderam Amari Allen durante um intervalo da escola e cortaram-lhe o cabelo, que estava em forma de rastas.

O caso ocorreu numa escola privada em Springfield, estado da Virgínia. A menina apresentou hoje queixa às autoridades. "Eles vieram até mim e armaram-me uma cilada, como se me estivessem a enjaular", declarou à NBC Washington. 

Segundo o relato da criança, esta estava a descer um escorrega quando um rapaz a agarrou pelos braços e lhe tapou a boca. De seguida, um segundo rapaz agarrou-lhe os braços e um terceiro apareceu com a tesoura para lhe cortar as rastas. "Eles colocaram as minhas mãos atrás das minhas costas e começaram a cortar-me cabelo e disseram que eu era feia", contou Amari, que pretende que os meninos sejam expulsos da escola. "Quero ver algo feito" disse.