Politica

Legislativas. PS e PSD a descer, PCP vai recuperando

Partido Socialista perdeu 3,5 pontos percentuais no espaço de uma semana

O PS perdeu terreno na semana agora finda - a penúltima antes das eleições legislativas do próximo dia 6 de outubro, e que acabou por ficar marcada pelo caso Tancos. De acordo com a mais recente sondagem da Pitagórica para a TSF, o "Jornal de Notícias" e a TVI, o partido liderado por António Costa está agora nos 37,1% (no início da semana tinha mais 3,5 pontos percentuais), e portanto mais longe do objetivo da maioria absoluta.

Permanece, ainda assim, na frente das intenções de voto, agora com 10,7 pontos de vantagem sobre o PSD, que a meio da semana chegou a atingir os 28,5% e que agora se posiciona nos 26,4% de intenções de voto (na primeira sondagem, no dia 21, tinha mais duas décimas).

Na sondagem deste sábado, o PCP-CDU foi quem mais subiu, chegando aos 6,4%. No terceiro lugar continua, porém, o Bloco de Esquerda, com 10,4%, enquanto o CDS-PP voltou a cair e recebe apenas 3,6% nas intenções de voto - só cinco décimas acima do PAN, que tem 3,1%.

Em relação aos partidos mais recentes/de menor de expressão, a Iniciativa liberal continua "na frente" com 2% das escolhas, seguido do Livre (1,3%) e do Chega, do polémico André Ventura (1,1%). O Aliança, comandado por Pedro Santana Lopes, não vai além dos 0,7%.