Sociedade

Casal homossexual agredido por grupo no Terreiro do Paço

Agressão ocorreu ao final da tarde de domingo.

Um casal homossexual foi agredido por um grupo de quatro homens, este domingo, no Terreiro do Paço, em Lisboa.

De acordo com fonte da PSP, citada pela agência Lusa, a agressão homofóbica ocorreu pelas 19h40, com violência física a uma das vítimas, que foi assistida no local, mas recusou ser transportada para o hospital.

Segundo a mesma fonte, o casal apresentou queixa da agressão, que aconteceu depois de os suspeitos terem tentado vender produto estupefaciente.

A associação ILGA Portugal - Intervenção Lésbica, Gay, Bissexual e Transgénero  confirmou à mesma agência noticiosa ter recebido o relato do incidente por parte de uma das vítimas.

“Tanto quanto percebemos já deram seguimento aos passos que serão os naturais, que é acionar a polícia e as autoridades competentes, e agora é esperar que haja uma investigação adequada e imparcial para esta situação, mas tendo acontecido no Terreiro do Paço, onde inclusivamente está sempre presente a Polícia Municipal, que terá sido inclusivamente testemunha desta situação, não nos parece que haja aqui grandes questões a resolver", declarou à agência Lusa a coordenadora do Observatório da Discriminação da ILGA, Marta Ramos.

"São casos como este que vêm provar que, infelizmente, as pessoas LGBT continuam a ser vítimas de homofobia e transfobia que, inclusivamente, pode dar origem a situações graves como estas em que há agressão física e discurso de ódio, que foi a situação que nos foi relatada", acrescentou, referindo ainda que o local e hora onde a agressão aconteceu transmite um sentimento “quase” de impunidade.