Desporto

Árbitro suspenso após assediar apanha-bolas e incentivar tenista Pedro Sousa na ausência do adversário

"És fantástica, muito sensual", terá dito o juiz a uma apanha-bolas.

A Associação de Tenistas Profissionais (ATP) suspendeu o árbitro Gainluca Moscarella por alegado assédio a uma apanha-bolas, durante uma partida do torneio challenger de Florença. O árbitro italiano incentivou ainda o português Pedro Sousa, no momento em que o seu adversário estava no balneário.

“Estamos a par dos diversos incidentes que envolvem o árbitro Gianluca Moscarrela. Foi retirado do torneio em que estava e está provisoriamente suspenso pelo ATP [Associação de Tenistas Profissionais], enquanto estiver a decorrer investigação”, informou a ATP em comunicado.

Durante o encontro dos 16 avos de final, entre Pedro Sousa e o italiano Enrico Dalla-Valle, que acabou com a vitória do português, os microfones apanharam o árbitro a assediar uma apanha-bolas.

“És fantástica, muito sensual. Estás bem? Tens calor? Fisicamente ou emocionalmente”, terá dito Gianluca Moscarella.

Também quando o tenista italiano se havia deslocado ao balneário, o juiz incentivou Pedro Sousa.

“Vamos Pedro. Coragem, continua. Concentra-te. Dois minutos e isto acabou-se. Mantém a concentração, por favor. São partidas que podias vencer por 6-1 e 6-1”, disse.