Sociedade

Homem detido por matar e atear fogo a cadáver

O arguido diz ter cometido o crime "motivado por ciúme".

 A Polícia Judiciária deteve esta terça-feira um homem de 54 anos, suspeito da prática de crimes de homicídio qualificado e profanação de cadáver no passado mês de agosto, em Vila Nova de Gaia.

“Motivado por ciúme”, disse a PJ em comunicado, o arguido agrediu a vítima “brutalmente na zona da cabeça e pescoço” e acabou por atear fogo ao cadáver para eliminar os vestígios do crime.