Sociedade

Português de 22 anos condenado a 16 anos de prisão em França por assaltos violentos

Homem era ainda acusado de violar vítimas.

Um jovem, de 22 anos, foi condenado, esta quinta-feira, a 16 anos de prisão, em França, por roubos violentos a duas mulheres na casa dos sessenta anos.

De acordo com a imprensa francesa, João Gomes Gonçalves fica ainda proibido de voltar a morar naquele país.

O jovem era também suspeito de ter violado as mulheres, crimes que negou, depois de admitir os roubos, que ocorreram em 2017.

Depois de três dias de audiências à porta fechada ficou provado que o jovem entrou armado em casa das mulheres e aproveitou um andaime para escalar o prédio onde moravam as vítimas e entrar pela janela.

O português tem agora dez dias para recorrer da decisão.