Internacional

Polícia manda parar carro em excesso de velocidade e acaba por ajudar bebé a nascer

Ao príncipio, o polícia achava que o homem estava apenas a dar uma desculpa, até começar a ouvir os gritos da mulher que estava sentada no banco de trás.

Um polícia do condado de Collier, na Flórida, parou um carro que seguia em excesso de velocidade sem nunca esperar o que viria a seguir: Robert Pounds acabou por auxiliar uma mulher a dar à luz.

O carro seguia numa velocidade superior ao limite permitido por lei às quatro horas da madrugada de terça-feira, quando o agente da polícia mandou parar o carro. Ao falar com o condutor, este explicou-lhe que apenas estava a conduzir tão rápido porque a mulher tinha entrado em trabalho de parto.“Agente, tem o direito de me parar, não vou mentir, mas temos um bebé prestes a nascer”, disse o pai da criança, citado pelo USA Today.

Apesar de não ter acreditado logo no homem, o agente acabou por perceber a situação ao ouvir os gritos da mulher que estava sentada no banco de trás. O polícia pediu o apoio de reforços médicos mas o bebé acabou por nascer antes de estes terem chegado ao local, com a sua ajuda. Aos jornais internacionais, Pounds conta que recebeu formação para lidar com este tipo de situações, enquanto se formava para se tornar agente, o que facilitou bastante a situação.

“Não fico abalado com muita facilidade, mas esta situação deixou-me ansioso porque se tratava de um recém-nascido (…). Só queria ajudar a mãe e a bebé”, confessou. “Ficariam surpreendidos com a quantidade de desculpas que ouvimos quando paramos alguém por excesso de velocidade, mas esta era uma boa desculpa”.