Politica

António Costa exaltou-se com idoso e chamou-lhe mentiroso | VÍDEO

A situação ocorreu nas galerias do Terreiro do Paço.

António Costa exaltou-se esta quinta-feira, durante uma arruada em Lisboa, com um popular idoso. Enquanto passava nas galerias do Terreiro do Paço, um homem dirigiu-se ao atual primeiro-ministro e acusou-o de estar de férias enquanto estavam a acontecer os incêndios de Pedrógão.

"É mentira, é mentira!", gritou Costa, visivelmente exaltado com o idoso, no último dia da campanha eleitoral. O primeiro-ministro chegou mesmo a virar-se em direção ao homem mas os seus seguranças impediram-no e levaram-no para o carro de campanha. 

Depois da situação, Costa disse aos jornalistas presentes em Santa Apolónia que tudo não passou de um golpe da "direita", um ato típico de "campanha negra". "É vergonhoso que a direita recorra a golpes destes" declarou, citado pelo Diário de Notícias. O primeiro-ministro diz que as declarações do homem não são verdadeiras e que estava em Portugal na altura dos incêndios de Pedrógão.  "Eu estava cá e estive no meu lugar e nas minhas funções", disse. 

Por outro lado, o idoso, apesar de não se ter identificado, garantiu que não foi contratado por ninguém e diz  que "sempre votou PS".