Sociedade

Bandeira em meia-haste e sem discursos políticos. 5 de outubro celebrado de forma diferente este ano

A bandeira portuguesa foi colocada em meia-haste devido a este sábado ser dia de luto nacional, em homenagem a Freitas do Amaral.

A celebração do Dia da Implantação da República foi diferente do habitual, este ano. Por ser dia de reflexão, os discursos habituais das figuras políticas não foram possíveis. Também a bandeira portuguesa foi colocada em meia-haste devido a este sábado ser dia de luto nacional, em homenagem a Freitas do Amaral, cujo funeral se realiza este sábado em Cascais. 

Marcelo Rebelo de Sousa presidiu às comemorações do 5 de Outubro na Câmara Municipal de Lisboa, acompanhado por António Costa, Ferro Rodrigues e Fernando Medina, autarca da capital. 

Na cerimónia, foi apresentada pela diretora do Museu da Presidência da República a Partitura Original do Hino Nacional "A Portuguesa", feita em 1890 e exposta agora nos Paços do Concelho.