Sociedade

Antigo presidente da Galp Energia Manuel Ferreira de Oliveira morre aos 70 anos

O anúncio foi feito pela Universidade do Porto.

O antigo presidente da Galp Energia Manuel Ferreira de Oliveira morreu este domingo, aos 70 anos, de acordo com a Universidade do Porto, onde tinha sido professor catedrárico. A instituição garante ter sido informada por familiares, segundo declarações à Lusa. Até ao momento, a causa da morte é desconhecida. 

Manuel Ferreira de Oliveira era licenciado em engenharia eletrotécnica pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto  e contribui bastante para a modernização da área de energia elétrica na instituição. Foi professor na Universidade entre 1979 e 1982,  "tendo lançado as bases de uma equipa de investigação de reputação nacional e internacional e revelado, em tempos difíceis, grande determinação e capacidade de liderança", pode ler-se na nota publicada pela Universidade. 

Entre 1995 e 2000, Manuel Ferreira de Oliveira foi presidente do Conselho de Administração e do Conselho Executivo da Petrogal, de 2000 e 2006 assumiu as funções de presidente do Conselho de Administração e do presidente executivo da Unicer (Super Bock Group).

Entre 2006 e 2015 exerceu funções no grupo Galp Energia como administrador executivo e COO (2006) e, posteriormente, como presidente executivo e vice-presidente do Conselho de Administração (de 2007 a 2015).

O corpo do ex-presidente da Galp vai estar em câmara ardente na igreja do Cristo Rei, Porto, anunciou a Universidade do Porto.