Internacional

Polícia Marítima portuguesa resgatou 38 migrantes

Por razões de segurança, os migrantes foram todos transferidos para a embarcação da Polícia Marítima e transportados para o Porto de Skala Skamineas.

A equipa da Polícia Marítima em missão na Grécia resgatou, esta madrugada, mais 38 migrantes que navegavam rumo à ilha de Lesbos, na Grécia.

A bordo seguiam 38 migrantes, dos quais 13 crianças, 10 mulheres (uma grávida) e 15 homens. Por razões de segurança, os migrantes foram todos transferidos para a embarcação da Polícia Marítima e transportados para o Porto de Skala Skamineas.

Durante o trajeto, os elementos da Polícia Marítima ministraram oxigénio a uma mulher que apresentava dificuldades respiratórias.

Desde 2014, quando iniciou a participação na missão Poseidon, na Grécia, a Polícia Marítima já resgatou 6329 migrantes.

A Polícia Marítima encontra-se integrada na operação Poseidon, sob égide da agência europeia Frontex e em apoio à Guarda Costeira grega, com o objetivo de controlar e vigiar as fronteiras marítimas gregas e externas da União Europeia, no combate ao crime transfronteiriço, no âmbito das funções de guarda costeira europeia.