Politica

A noite acabou cedo no CDS

Cristas assume derrota e anuncia que não vai recandidatar-se

A líder do CDS Assunção Cristas não se vai recandidatar e irá convocar um conselho nacional extraordinário para antecipar o congresso.

A declaração de derrota foi curta e durou pouco mais de um minuto e 40.

Assunção Cristas saiu da sede do CDS acompanhada pelo marido e não prestou declarações, a não ser os votos de boa noite e bom descanso. A noite acaba cedo no CDS.

O eurodeputado do CDS Nuno Melo já comentou a decisão de Assunção Cristas não se recandidatar, dizendo que se trata de uma “reação expectável e lúcida”.

“Vai ser um tempo de reflexão profunda em relação ao que devem ser os objetivos programáticos no futuro”, acrescentou Nuno Melo.

O eurodeputado fez ainda questão de louvar a atitude da líder centrista. “Realço a dignidade com que, perante um resultado tão mau, a líder do CDS soube ter esta atitude”.