Sociedade

Padre apela à limpeza da via pública com humor: “Tenho problemas que cheguem com as beatas”

Albino Reis "espalhou a palavra" de forma a combater a "falta de civismo". 

O padre do Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho utilizou o sentido de humor para apelar à limpeza da via pública. Albino Reis confessou, através de cartazes espalhados pelo hospital, “ter problemas que cheguem com as beatas”, pedindo, a quem lesse, que levasse as suas.

O capelão admitiu à agência Lusa que as mensagens pedagógicas, pelas quais já foi felicitado, deram frutos. O comportamento “pouco cívico”, que a partir do próximo ano vai começar a ser penalizado com coimas entre os 25 e os 250 euros, diminuiu. “À volta da capela, pelo menos, resultou. Agora não se veem beatas de cigarros por lá, mas as outras continuam”, disse à agência Lusa, em tom de brincadeira.

O trocadilho, já muito elogiado, tem apenas o objetivo de alertar as pessoas para a “falta de civismo”. Ao padre, que é fumador, sempre lhe fez muita confusão as beatas atiradas para o chão “quando, por vezes, [os fumadores] têm cinzeiros e caixotes do lixo a dois palmos”. Também o facto de as pessoas fumarem no espaço do centro hospitalar lhe faz confusão, já que “é um local onde se tratam doenças”.

A medida, aprovada a 19 de julho, foi votada em plenário. Todos os partidos votaram a favor da aplicação de coimas nestes casos, à exceção do PCP.