Cultura

Olga Tokarczuk e Peter Handke vencem Prémio Nobel da Literatura

O prémio é atribuído a quem desenvolva “no campo da literatura, o trabalho mais notável numa direção ideal".

O prémio Nobel da Literatura 2019 foi atribuído, esta quinta-feira, ao escrito austríaco Peter Handke pelo trabalho desenvolvido que, "com ingenuidade linguística tem vindo a explorar a periferia e a especificidade da experiência humana".

Também a escritora Olga Tokarczuk foi premiada, com um ano de atraso, pelo trabalho que "representa o atravessar de barreiras como uma forma de vida". A polaca recebeu o prémio correspodente ao ano de 2018. Este atraso prende-se com o facto de membros da Academia Sueca terem estado envolvidos num escândalo de abuso sexual que levou a várias demissões e acabou por atrasar a atribuição do prémio anterior.

[Em atualização]