Sociedade

Polícia Judiciária deteve suspeito de atear fogo em Valpaços

Incêndio ocorreu a 26 de fevereiro naquela localidade


A Polícia Judiciária anunciou hoje a detenção em Valpaços de um "diretor de escola agrícola" de 55 anos, que está fortemente indiciado pelo crime de incêndio florestal.

O suspeito foi presente interrogatório judicial e encontra-se sujeito "a medidas de coação não detentivas".

Segundo a PJ, o arguido é suspeito de "ter ateado dois focos de incêndio" em área florestal, localizada em Mosteiró de Cima, no concelho de Valpaços. Este fogo ocorreu a 26 de fevereiro e consumiu uma grande área de mato.

A mesma fonte refere que "os focos de incêndio colocaram em perigo manchas florestais envolventes, constituídas por mato, povoamento de carvalho e área agrícola, de valor consideravelmente elevado, que apenas não foram consumidas devido à rápida intervenção de três corporações de bombeiros".