Politica

Catarina Martins lamenta decisão do PS de governar sozinho

"Os acordos da Geringonça foram uma garantia de estabilidade e lamentamos a decisão do PS".

A líder bloquista, Catarina Martins, já reagiu à decisão do PS de governar sozinho e lamentou a decisão do partido liderado por António Costa. 

"Os acordos da Geringonça foram uma garantia de estabilidade e lamentamos a decisão do PS", afirmou Catarina Martins. "Ao decidir pôr um ponto final na geringonça recusa um modelo que impediu recuos", acrescentou a líder do BE. 

A líder do partido referiu ainda que apresentou a António Costa "um documento propondo uma metodologia e bases políticas para a negociação de um acordo de legislatura em que a autonomia política dos partidos coexistisse com mediadas de estabilidade na recuperação de direitos e rendimentos".

Recorde-se que o PS declarou esta quinta-feira que o próximo Governo não vai contar com acordos escritos como aconteceu há quatro anos, aquando do nascimento da Geringonça.