Internacional

EUA e China chegaram a acordo comercial parcial

"Estamos felizes", acrescentou Liu He.

Donald Trump afirmou esta sexta-feira ter chegado a um acordo comercial parcial com a China "muito importante" e que pode acabar com a guerra comercial entre os dois países.

"Chegámos a um acordo muito importante de fase 1, mas que ainda não está escrito", declarou o Presidente norte-americano à saída de um encontro com o vice-primeiro-ministro, Liu He, o principal negociador do lado da China. De acordo com Trump, a fase 1 aborda as compras de bens agrícolas, a propriedade intelectual e serviços financeiros entre a China e os EUA.

Também Liu He adiantou que a reunião trouxe "progressos substanciais em muitas áreas". "Estamos felizes", acrescentou.

Steven Mnuchin, o Secretário do Tesouro americano, também esteve presente na reunião e anunciou que os Estados Unidos negaram o aumento de tarifas aduaneiras de 250 mil milhões de dólares (cerca de 226 mil milhões de euros) em mercadorias importadas da China, que aumentariam de 25 para 30% no dia 15 de outubro.