Economia

ERSE. Preço da eletricidade pode descer 0,4% em 2020

Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos propôs redução nos preços da eletricidade no mercado regulado de energia a partir de janeiro.

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) propôs esta terça-feira uma descida de 0,4% nas tarifas da eletricidade em mercado regulado para famílias em janeiro de 2020. Ainda assim, a decisão final só será conhecida em dezembro.

Em comunicado, a ERSE informa que “para os consumidores que permaneçam no mercado regulado ou que tenham optado por tarifa equiparada, que representam já menos de 6% do consumo total, a variação das tarifas de venda a clientes finais em Baixa Tensão Normal (BTN) proposta é de -0,4%”.

Já para os consumidores com tarifa social, estes beneficiarão de um desconto de 33,8% sobre as tarifas de venda a clientes finais, de acordo com o estabelecido por despacho do membro do Governo responsável pela área da energia, explica a ERSE.

Nas contas da ERSE, o impacto concreto das variações na fatura dos clientes depende do segmento de consumo. “A expressão nos orçamentos familiares do decréscimo subjacente à proposta de tarifas transitórias de venda a clientes finais para 2020 é de 18 cêntimos, numa fatura média mensal de 43,9 euros”, explica em comunicado.

Para os consumidores com tarifas sociais, a proposta “prevê uma descida na fatura mensal de eletricidade de 11 cêntimos, para uma fatura média mensal de 27 euros, valor que já integra a aplicação de um desconto social mensal de 13,81 euros”.