Sociedade

Macaco fugiu do Zoo de Lisboa após "disputa por questões territoriais" e foi capturado em oficina automóvel

Animal foi capturado na zona da Estrada das Laranjeiras.


A fuga do macaco-capuchinho, esta quinta-feira, do Jardim Zoológico de Lisboa, aconteceu após uma disputa “por questões territoriais e de dominância”.

"Foi possível constatar que no grupo, que é constituído por várias fêmeas e dois machos, ocorreu uma disputa entre os animais por questões territoriais e de dominância", esclarece o Zoo de Lisboa, em comunicado.

"O Jardim Zoológico recuperou o animal com a maior brevidade e segurança", lê-se na mesma nota, que explica ainda que o animal em questão se trata de um pequeno primata, que tem cerca de 40 cm de comprimento e em média 3 kg de peso.

Segundo a agência Lusa, o macaco fugiu por volta das oito horas e acabou por ser apanhado, pelas 10 horas, na zona da Estrada das Laranjeiras, numa oficina automóvel.

A TVI escreve que foi aberto um inquérito para apurar as causas do incidente.