Internacional

Puigdemont sai em liberdade depois de se ter entregado à justiça belga

Carles Puigdemont entregou-se às autoridades durante a madrugada desta sexta-feira.

Depois de se entregar às autoridades belgas, durante a madrugada desta sexta-feira, Carles Puigdemont foi ouvido por um juiz e saiu em liberdade, com Termo de Identidade e Residência (TIR), ficando assim obrigado a comunicar quaisquer ausências do país

Carles Puigdemont garantiu, depois de ser ouvido pela justiça belga, que ia colaborar com as autoridades. “Saí em liberdade sem o pagamento de caução e vou estar à disposição da Justiça belga para o que for necessário. Agora vou pôr-me ao corrente do que se está a passar [em Espanha] com os colegas que estão no exílio, com a minha família”, afirmou o líder separatista.

Questionado acerca da violência que tem atingido a Catalunha durante a última semana, Puigdemont diz conhecer "quem organizou o referendo" e, referindo-se aos líderes catalães condenados esta segunda-feira, garante que nunca os viu "fazer uso de qualquer tipo de violência". O ex-líder catalão diz ainda ter sido informado da presença de "grupos neonazis que estavam a atacar as pessoas" e garante não conhecer quem está por trás do movimento Tsunami Democràtic.