Sociedade

Disfarçou-se e entrou armado na empresa onde trabalhava a companheira para ameaçar colega

Suspeito alegou que funcionário teria assediado a sua companheira.


Um homem, de 23 anos, foi detido pela GNR, depois de se disfarçar para entrar na empresa onde trabalhava a sua companheira para ameaçar um funcionário que a teria assediado, em Oliveira de Frades, e por ter feito ameaças com arma de fogo a um outro funcionário.

De acordo com um comunicado da força de segurança, esta sexta-feira, o homem "após ter entrado nos vestiários, onde furtou uma farda da empresa, e colocado uma máscara facial de trabalho para não ser reconhecido, deambulou pelo interior das instalações com a intenção de localizar um funcionário que, segundo o suspeito, teria assediado a sua companheira”.

“Quando interpelado por um funcionário, ameaçou-o com a arma e colocou-se em fuga", acrescenta a GNR.

No seguimento de uma denúncia por ameaças com recurso a uma arma de fogo, a GNR conseguiu localizar o suspeito e proceder à sua detenção.

Além de uma arma de caça e de sete cartuchos, a GNR apreendeu ainda um objeto artesanal destinado à agressão.

O homem é suspeito dos crimes de posse de arma proibida e ameaças e irá ser apresentado ao Tribunal Judicial de Oliveira de Frades para determinação das medidas de coação a aplicar.

Os comentários estão desactivados.