Internacional

Lam poderá ser substituída como chefe de Governo de Hong Kong

A notícia vem na sequência da libertação do suspeito de um caso de assassinato que desencadeou a lei de extradição.

A China planeia substituir a chefe de Governo de Hong Kong, Carrie Lam, depois de cinco meses consecutivos de protestos na megacidade, diz o Financial Times, esta quarta-feira.

Segundo o jornal britânico, Pequim irá esperar até que a situação estabilize em Hong Kong. e depois colocar alguém interinamente até ao final do mandato, em 2022. 

A notícia vem na sequência da libertação do suspeito de um caso de assassinato que desencadeou a lei de extradição, também esta quarta-feira. Contudo, em reação à notícia, Pequim nega ter tal intenção.