Internacional

Vítimas chinesas do camião pagaram mais de 30 mil euros cada pela viagem até Inglaterra

Temperatura dentro do contentor do camião rondava os 25 graus negativos.

Sufocados e congelados, foi assim que morreram as 39 pessoas, de nacionalidade chinesa, que foram encontradas fechadas num camião, na quarta-feira de manhã, na região de Essex, em Inglaterra.

As oito mulheres e os 31 homens, entre eles um adolescente, procuravam melhores condições de vida no Reino Unido, tendo pagado cerca de 30 mil libras cada um, aproximadamente 34 mil euros, a uma rede de tráfico humano pela viagem que os levaria ao Reino Unido, escreve o jornal britâncio Mirror.

Recorde-se que as autoridades britânicas foram chamadas a uma propriedade industrial de Grays, em Essex, ao início da manhã de quarta-feira, quando lá chegaram, os agentes depararam com a situação trágica de 39 pessoas mortas dentro do contentor de um camião.

O condutor foi detido pelas autoridades e passou os últimos dias a ser interrogado pela polícia britânica, mas os amigos garantem que o jovem de 25 anos não sabia de nada e que terá sido ele próprio a dar o alerta, depois de ter desmaiado ao ver o conteúdo do contentor.

As identidades das vítimas estão ainda a ser apuradas.