Sociedade

Emigrante português foi morto com várias facadas em França

Homem entregou-se às autoridades e terá confessado crime violento.

Um cidadão português, de 39 anos, foi morto com dezenas de facadas, sábado à tarde, em Carbonne, perto de Toulouse, em França, avança a publicação La Depeche.

A vítima, segundo o Jornal de Notícias, era natural de Vizela, distrito de Braga, mas era na cidade francesa Carbonne que vivia, foi aliás em sua casa que foi violentamente assassinado.

O alerta foi dado por volta das 14h de sábado, mas quando as autoridades chegaram ao local já o português estava morto. Pouco depois foi confirmado que um indivíduo já estava “sob custódia” policial, depois de se ter entregado às autoridades.

O homem terá confessado, segundo o mesmo jornal francês, o crime, não tendo sido confirmadas as circunstâncias que terão levado ao homicídio, embora a hipótese mais provável seja a de um crime passional.

A vítima seria casada com uma mulher de nacionalidade francesa, de quem teria uma filha menor.