Sociedade

Número de vítimas de derrocada na Madeira sobe para seis

Uma vítima sofreu um traumatismo craniano e outra ficou com a mão amputada.

 

Uma derrocada no Caldeirão Verde no município de Santana, na Madeira, provocou pelo menos seis feridos, sendo que dois estão em estado grave, segundo o Diário de Notícias da Madeira.

As seis vítimas foram assistidas no local e depois transportadas para o hospital. Uma delas sofreu um traumatismo craniano e outra ficou com a mão amputada, sendo estes dois casos considerados mais graves.

Há quatro estrangeiros e dois portugueses entre as vítimas, avançou Marco Lobato, comissário da Polícia de Segurança Pública (PSP), ao Observador.

 Notícia atualizada pelas 18h00