Desporto

NBA. Curry torce tornozelo e parte mão esquerda (com vídeo)

Muito azar para a estrela dos Golden State Warriors, numa madrugada rica em peripécias na principal liga de basquetebol a nível mundial

A última madrugada foi pródiga em peripécias na NBA. Houve marcas a ser batidas e até jogadores ao soco, mas a pior notícia foi mesmo a lesão de Stephen Curry: pouco depois de torcer o tornozelo, a estrela maior dos Golden State Warriors acabou por partir o pulso esquerdo, após cair e levar com o gigante Aron Baynes em cima, e deverá ficar arredada das quadras por um longo período.

 

 

Os Golden State acabariam por perder o encontro frente aos Phoenix Suns, por 121-110, num resultado que ficou bem longe de ser o mais impressionante da noite. É que os Houston Rockets venceram os Washington Wizards por 159-158, no que se tornou o terceiro jogo com mais pontos no tempo regulamentar na história da NBA: 317. Mais, só os 320 no Denver Nuggets-Golden State Warriors (158-162), em 1990, e os 318 no Denver Nuggets-San Antonio Spurs (163-155), em 1984.

Os Rockets também conseguiram um recorde da equipa, enquanto para os Wizards esta foi a segunda melhor marca da sua história. James Harden foi a grande figura do encontro, ao apontar 59 pontos, com Russell Westbrook igualmente em evidência ao conseguir o segundo triplo duplo da temporada, com 17 pontos, 12 assistências e 10 ressaltos. Na equipa da casa, Bradley Beal conseguiu 46 pontos, oito assistências e seis ressaltos.

Falta falar, pois, dos atletas... ao soco. Aconteceu em Filadélfia, na partida entre os Philadelphia 76ers e os Minnesota Timberwolves (117-95), com Joel Embiid e Karl-Anthony Towns que, sem surpresa, viriam a ser expulsos do encontro, após terem andado a rebolar no chão enquanto se tentavam agredir mutuamente.