Economia

Web Summit. Governo espera retorno de cerca de 180 milhões de euros

Declarações do ministro da Economia, Pedro Siza Vieira

A edição deste ano da Web Summit, que arranca esta segunda-feira, deverá traduzir-se num retorno financeiro de 180 milhões de euros, garantiu o ministro da Economia.

"O que é importante é podermos mostrar que Portugal é um sítio que sabe acolher bem visitantes de todo o mundo, este ano a Web Summit terá participantes de cerca de 160 países, e que é um sítio onde se podem fazer negócios", sendo esperado um retorno na ordem dos 180 milhões de euros, explicou Pedro Siza Vieira, em declarações à SIC Notícias.

"Portugal tem tido muito sucesso a atrair não apenas investimentos, mas também a receber empreendedores e profissionais que aqui querem viver e trabalhar", acrescentou o ministro da Economia.

Recorde-se que a Web Summit arranca esta segunda-feira, em Lisboa, e prolonga-se até quinta-feira. Edward Snowden e Jaden Smith são algumas das figuras mais conhecidas que estarão presentes naquela que é a maior cimeira tecnológica do mundo.

Como o i noticiou, a última edição do evento gerou cerca de 124 milhões de euros. As startups que participaram na primeira edição conseguiram angariar, até agora, cerca de 60 milhões de euros.