Sociedade

Bombeiros são ameaçados de morte em Elvas

O comandante dos Bombeiros Voluntários de Elvas garantiu que esta não é a primeira vez que são registadas este tipo de ocorrências.

Alguns bombeiros voluntários de terão sido ameaçados de morte, esta segunda-feira, à entrada do Serviço de Urgência do Hospital de Santa Luzia, em Elvas. Segundo o comandante da corporação, citado pela Rádio Elvas, “uma tripulação de uma ambulância dos soldados da paz elvenses foi ameaçada de morte por um indivíduo de etnia cigana que se encontrava no local”.

Tiago Bugio garantiu ainda à rádio local que o indivíduo ofendeu os elementos, tendo cuspido também na sua direção. Segundo o comandante, o agressor não obteve “qualquer resposta por parte dos elementos da corporação”.

O indivíduo já foi identificado pela PSP, que esteve no local e os Bombeiros Voluntários de Elvas vão apresentar uma queixa formal.

O comandante garantiu que “já houve elementos hospitalizados em estado grave, na sequência de um incêndio numa barraca” e que, à semelhança do que aconteceu em Borba, este sábado, também o quartel desta corporação já foi invadida.