Sociedade

PJ realiza megaoperação na cadeia de Paços de Ferreira

Foram realizadas 52 buscas numa ação que visa combater o tráfico de estupefacientes.

A Polícia Judiciária (PJ) levou a cabo, esta terça-feira, uma "operação de grande dimensão" na cadeia de Paços de Ferreira, no âmbito do combate ao tráfico de estupefacientes naquele estabelecimento prisional.

A operação “compreendeu a realização de 52 buscas em estabelecimentos prisionais, domicílios e espaços comerciais, e o cumprimento de 6 mandados de detenção”, lê-se no comunicado da PJ, que adiantou ainda que a intervenção realizada em "ambiente carcerário" contou com a “prestimosa colaboração da DGRSP, incluindo o Grupo de Intervenção e Segurança Prisional – GISP, entidade que desde o primeiro momento colaborou ativamente nas investigações em curso”.

De acordo com o mesmo documento, as buscas ao Estabelecimento Prisional de Paços de Ferreira foram presididas por três magistrados do Ministério Público.

Na sequência da operação policial, o Correio da Manhã avança que foram detidos cinco guardas prisionais suspeitos de aceitar dinheiro dos reclusos para introduzirem telemóveis no estabelecimento. No entanto, esta informação não consta do comunicado oficial da PJ.