Sociedade

Cidadão português condenado a seis anos de prisão é detido pelo SEF no aeroporto da Madeira

O homem, de 35 anos, tinham três mandados de detenção.

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) anunciou, esta terça-feira, que deteve um cidadão português no Aeroporto Internacional da Madeira. Em comunicado, o SEF adianta que o homem, de 35 anos, era procurado por vários processos judiciais e por ter sido condenado a seis anos de prisão efetiva em cúmulo jurídico, pela prática de vários crimes, entre os quais um homicídio na forma tentada.

O homem foi intercetado num voo que vinha do Reino Unido, esta segunda-feira. Após ter sido apanhado pelas autoridades, foi conduzido ao estabelecimento prisional para o cumprimento da pena ao qual foi sentenciado.

Na semana passada o SEF intercetou também, no Aeroporto de Lisboa, um cidadão estrangeiro, num voo com destino a Dublin, que apresentou um passaporte esloveno falso. Na sua posse tinha ainda uma carta de condução e um bilhete de identidade eslovenos também.

No Aeroporto do porto foram detidos também dois cidadãos estrangeiros que pretendiam viajar para república Checa, tendo a documentação sido apreendida e apresentada em tribunal, segundo adianta o SEF.