Vida

Rita Pereira reage a alegada cena de ciúmes de Georgina

“Independentemente de eu ser uma figura pública e de ter milhões de seguidores, tenho os mesmos direitos de qualquer indivíduo: o direito ao bom nome", escreveu a atriz.

Depois de vários rumores terem surgido sobre uma alegada cena de ciúmes de Georgina Rodríguez devido à aproximação de Rita Pereira e Cristiano Ronaldo, durante a entrega de prémios MTV EMAS, em Sevilha, no passado domingo, a atriz portuguesa veio a público esclarecer a situação.

Rita Pereira afirma nem sequer se ter cruzado com o jogador português e a modelo espanhola e critica a atitude das revistas cor-de-rosa, que apelida de “revoltante”. “Não nos vimos, não nos cruzámos, fizemos a mesma red carpet em momentos diferentes e assistimos ao espectáculo a partir de lugares completamente opostos” escreveu na sua conta oficial de Instagram. 

A atriz desmente ainda algumas publicações e afirma que nenhuma revista tentou confirmar a situação perto de si. “Independentemente de eu ser uma figura pública e de ter milhões de seguidores, tenho os mesmos direitos de qualquer indivíduo: o direito ao bom nome. Apesar de ser uma actriz mediática, sou também mulher e mãe e, por isso, agradeço o mesmo respeito com que tenho vindo a reger a minha vida", conclui. 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Umas vezes pronuncio-me sobre notícias que vêm a público, outras não, por acreditar que o meu público e os leitores de revistas “côr-de-rosa” já distinguem aquilo que é, do que não é verdade. Neste caso, falo porque é revoltante que, num evento no qual nem sequer me cruzei com o @cristiano nem com a @georginagio , a imprensa fantasie sobre uma situação que não esteve nem perto de acontecer. Não nos vimos, não nos cruzámos, fizemos a mesma red carpet em momentos diferentes e assistimos ao espectáculo a partir de lugares completamente opostos. As revistas não tentaram sequer chegar a mim para dar a oportunidade de confirmar ou desmentir este assunto, como dizem. Lamento muito que o que haja para oferecer-vos, em termos editoriais, seja este tipo de conteúdo falacioso e recriado sem qualquer base de verdade. Independentemente de eu ser uma figura pública e de ter milhões de seguidores, tenho os mesmos direitos de qualquer indivíduo: o direito ao bom nome. Apesar de ser uma actriz mediática, sou também mulher e mãe e, por isso, agradeço o mesmo respeito com que tenho vindo a reger a minha vida.

A post shared by Rita Pereira (@hyndia) on