Internacional

Palavra do Ano. Em 2019 duas novas palavras foram eleitas

A palavra do ano é escolhida pelo Dicionário Collins.

Todos os anos o Dicionário faz uma lista de dez “novos e notáveis” termos a acrescentar ao vocabulário e, entre estes escolhe um para ‘Palavra do Ano’. Num ano em que as alterações climáticas fizeram o grupo ‘Extinction Rebellion’ parar o trânsito em muitos cidades e Greta Thunberg se tornou o rosto da luta contra as alterações climáticas, a expressão escolhida foi “greve climática”.

O movimento que deu a origem à palavra do ano de 2019, liderado pela ativista de 16 anos, é uma forma de protesto na qual as pessoas abdicam do seu direito à educação e do dever de trabalhar em prol da luta contra as alterações climáticas.

O primeiro registo da palavra foi feito em 2015, quando um protesto aconteceu durante uma conferência das Nações Unidas sobre o fenómeno, em Paris. Em setembro deste ano, seis milhões de pessoas estiveram presentes na Greve Climática a nível mundial.