Sociedade

Buscas por manobrador de máquina que caiu em pedreira retomadas

Operações foram retomadas com reforço de meios.

As buscas pelo trabalhador que caiu, no último sábado, juntamente com uma máquina pesada, numa pedreira em Vila Viçosa, Évora, foram retomadas pelas 09h00 deste domingo.

De acordo com fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora, citada pela agência Lusa, as operações foram reforçadas com mais mergulhadores dos bombeiros e da GNR e uma equipa cinotécnica também da GNR. No local estão 20 operacionais, apoiados por 15 veículos.

Recorde-se que a vítima é um trabalhador, de 51 anos, residente em Borba. No último sábado à tarde, depois de explicar que as buscas iam ser interrompidas por falta de visibilidade, a 2.ª comandante distrital de operações de socorro de Évora, Maria João Rosado, explicou que já tinha sido sinalizado o local onde se encontra o veículo. No entanto, não foi possível localizar a vítima.

A máquina, “com cerca de 30 toneladas”, estava a fazer uma manobra de descarga de pedra quando caiu para o interior da pedreira, que se encontrava desativada.

Em declarações à agência Lusa, o comandante dos bombeiros de Vila Viçosa, Nuno Pinheiro, disse que o acidente ocorreu quando se procediam a trabalhos para "entulhar" e fechar a pedreira, localizada junto à estrada entre Vila Viçosa e Bencatel.