Internacional

Menino de 7 anos sofre AVC e mãe pensa que ele está a fazer birra

"A certa altura o meu marido perguntou-me o que é que ele estava a fazer. Estava sentado no chão e parecia estar a contrair-se. Pensei que estava só a ser parvinho", confessou a mãe.

Um caso insólito ocorreu em Hampshire, no Reino Unido. Uma mulher pensou que o filho de sete anos estava a fazer uma birra na sua festa de aniversário, mas na verdade estava a ter um AVC, noticiou o jornal Mirror. 

Durante a celebração do seu aniversário, Max Davenport, baixou-se, perdeu a capacidade de mover o braço esquerdo, não falava e estava com os "olhos vidrados". Inicialmente, a mãe da criança pensou que este estava a fazer uma birra mas quando foi alertada pelos familiares percebeu que, afinal, o filho estava a ter um derrame cerebral. 

"A certa altura o meu marido perguntou-me o que é que ele estava a fazer. Estava sentado no chão e parecia estar a contrair-se. Pensei que estava só a ser parvinho", confessou a mãe. "O meu marido pegou nele. Estava completamente vidrado, nem me via", acrescentou.

Os pais de Max acabaram por levar o menino ao hospital, onde os médicos concluiram que este tinha sofrido um AVC. Max acabou por ficar seis meses internado no hospital. A mãe decidiu partilhar agora a história do filho, com o intuito de explicar a todos os pais que devem estar mais atentos aos filhos e evitar que certos ataques sejam confundidos com birras.