Sociedade

Associação ProTejo diz que Espanha voltou a não cumprir acordo

Há cerca de uma semana, João Pedro Matos Fernandes rejeitou a ideia de que o caudal do Tejo estivesse com falta de água.

A associação ProTejo - Movimento pelo Tejo disse esta segunda-feira que Espanha “voltou a não cumprir a Convenção de Albufeira” relativamente ao ano hidrológico que começou no passado mês de outubro. De acordo com a associação, o país vizinho lançou menos água nas últimas duas semanas de outubro do que aquilo que estava estipulado. 

Matos Fernandes espera resposta  Depois do comunicado da ProTejo, João Pedro Matos Fernandes, ministro do Ambiente e da Ação Climática, referiu que espera uma resposta do Governo espanhol sobre a gestão dos caudais do rio Tejo. “Vamos, certamente, durante esta semana ter uma resposta sobre aquilo que podem ser as negociações pensadas no longo prazo para podermos ter uma maior regularidade de caudais no rio Tejo”, disse. 

Ministro desvaloriza  Há cerca de uma semana, João Pedro Matos Fernandes rejeitou a ideia de que o caudal do Tejo estivesse com falta de água e garantiu que a comunicação com Espanha era regular.