Sociedade

Alegações finais do julgamento do homicídio de Luís Grilo adiadas

Alegações finais deveriam começar esta tarde.

DR  

As alegações finais do julgamento do homicídio de Luís Grilo deveriam começar na tarde desta terça-feira, no Tribunal de Loures. No entanto, foram adiadas para a próxima semana a pedido da defesa de António Joaquim, o amante da viúva Rosa Grilo.

Ao faltar a apreciação de um requerimento de prova apresentado pela defesa de Antonio Joaquim, o processo não pode seguir para as alegações finais.

Recorde-se que António Joaquim é acusado em coautoria com Rosa Grilo do homicídio do triatleta. O Ministério Público (MP) atribui ao antigo oficial de justiça a autoria do disparo que matou Luís Grilo, na presença da viúva.

A defesa do amante da viúva alega que houve provas que foram manipuladas e contaminadas pela PJ.