Sociedade

Mãe que abandonou recém-nascido num caixote do lixo agradece "todo o apoio que tem sido manifestado"

Recorde-se que a mulher de 22 anos foi detida na madrugada de sexta-feira, na zona de Lisboa e encontra-se em prisão preventiva.

A mulher que abandonou um bebé recém-nascido num caixote do lixo, em Lisboa, na semana passada, agradeceu todo o apoio que tem recebido e declarou que "tudo será esclarecido em sede própria", através de um comunicado divulgado pela advogada. 

Sara Furtado agradece  "todo o apoio que tem sido manifestado, nos últimos dias, quer através de supostas diligências judiciais, quer através dos meios de comunicação social e das redes sociais", no entanto pede "que respeitem a sua situação e que lhe permitam aguardar com serenidade o desfecho do processo judicial, na certeza de que tudo será esclarecido em sede própria e no seu devido tempo", acrescenta a advogada. 

Recorde-se que a mulher de 22 anos foi detida na madrugada de sexta-feira, na zona de Lisboa e encontra-se em prisão preventiva. A mulher está indiciada por homicídio qualificado na forma tentada e ficará detida no Estabelecimento Prisional de Tires, no concelho de Cascais.