Sociedade

Mulher que abandonou bebé no lixo está isolada de outras reclusas por razões de segurança

Mulher encontra-se detida em Tires.

A mulher que abandonou um bebé recém-nascido num ecoponto, em Lisboa, na semana passada, e que ficou presa preventivamente, encontra-se separada das outras reclusas no Estabelecimento Prisional de Tires, em Cascais, avança o Jornal de Notícias.

Segundo o mesmo jornal, em causa está o facto de o crime pelo qual está indiciada ser muito mal visto no meio prisional por parte das outras reclusas. Além de se encontrar isolada, a mulher, de 22 anos, está também a receber cuidados redobrados por parte dos guardas prisionais para garantir a sua segurança dentro daquela cadeia.

A Direção-Geral de Reinserção e dos Serviços Prisionais assegura, citada pelo Jornal de Notícias, que neste caso “se cumpriram os procedimentos legalmente previstos para o ingresso, avaliação e afetação de reclusos".

Recorde-se que a mulher, sem-abrigo, foi detida na madrugada de sexta-feira, na zona de Lisboa. Está indiciada por homicídio qualificado na forma tentada.

O bebé em causa foi colocado num contentor de lixo, na passada terça-feira, junto à discoteca Lux, pouco depois do parto. O recém-nascido foi depois encontrado por um sem-abrigo, que alertou as autoridades e a criança que, num estado grave de hipotermia, foi levada para o hospital, onde recuperou totalmente.