Internacional

Segurança da Primark acusado de violação e abuso sexual de menores

Depois de apanhar o grupo a roubar objetos da loja, o homem disse às menores que não iria apresentar queixa nem à polícia nem aos pais, caso estas tivessem relações sexuais com ele. 

Um homem de 27 anos foi detido, depois de ter violado e agredido sexualmente um grupo de jovens com 15 anos de idade, na cidade de Kingston-upon-Thames, em Inglaterra. O arguido aproveitou-se do seu cargo como segurança numa loja Primark para ameaçar as jovens a aproveitar-se delas.

Depois de apanhar o grupo a roubar objetos da loja, Zia Uddin disse às menores que não iria apresentar queixa nem à polícia nem aos pais, caso estas tivessem relações sexuais com ele, segundo o jornal Metro.

Depois do segurança ter pedido a um dos seus colegas para apagar as imagens de videovigilância, este decidiu vê-las e acabou por descobrir o sucedido.

"Zia Uddin abusou da confiança que lhe foi depositada pelo empregador, Brooknight Security, e por nós, ao aproveitar-se das suas vítimas, que eram jovens e vulneráveis", indicou um porta-voz da cadeia.

O homem está acusado de violação e quatro crimes de abuso sexual a menores e irá ser julgado na próxima semana.