Vida

Cláudio Ramos critica Ângelo Rodrigues: "A notícia de que ele tinha falecido foi passada por pessoas próximas"

Apresentador fala do sentido de humor do ator sobre notícias falsas da sua morte.

Depois de receber alta hospitalar, Ângelo Rodrigues tem utilizado as redes sociais para brincar com algumas das notícias que davam como certa a sua morte, após uma grave infeção que o deixou internado durante dois meses.

Durante o programa Passadeira Vermelha, da SIC, Cláudio Ramos deixou claro que não concorda com as críticas, em tom de brincadeira, do ator à imprensa. O apresentador considera que Ângelo Rodrigues devia antes “chamar à atenção” as pessoas mais próximas de si.

“Há muita gente que, de facto, se preocupou com o Ângelo. A notícia de que o Ângelo tinha falecido foi passada a muitas pessoas por pessoas que estavam próximas do Ângelo. É importante que isto fique bem claro. Pelo menos duas ou três pessoas, que são próximas do Ângelo, confirmaram que a situação era delicada e que eventualmente tinha acontecido uma situação mais complicada”, revelou Cláudio Ramos.

“O Ângelo brincar agora em cima de qualquer coisa, ok. Dizer que é incompreensível, não é certo. Porque as pessoas se preocuparam, é um dado. E volto a dizer, informações dadas por pessoas muito próximas do Ângelo, eu tenho algumas no meu telefone”, acrescentou.