Internacional

Laurent tem apenas nove anos e está prestes a licenciar-se em engenharia

Agora, a criança já pensa nos próximos passos - o doutoramento.

Laurent Simons tem apenas nove anos, mas está prestes a licenciar-se em Engenharia Elétrica pela Universidade de Tecnologia de Eindhoven, na Holanda. O menino, que tem dupla nacionalidade, belga e holandesa, tem um QI de 145.

Laurent vai receber o diploma em dezembro deste ano e vai tornar-se no mais novo licenciado do mundo, destronando Michael Kearney, que recebeu o diploma da Universidade do Alabama com apenas 10 anos. Mas a história é ainda mais surpreendente, uma vez que Laurent começou o curso em março deste ano, tendo precisado apenas de nove meses para o terminar.

“Laurent é simplesmente extraordinário. É o estudante mais rápido que já tivemos aqui. Ele não é apenas muito inteligente, é também muito recetivo”, disse Sjoerd Hulshof, coordenador do curso, citado pela CNN.

“Os professores disseram-nos que o Laurent é como uma esponja”, contou o pai, Alexander Simons, que é médico, tal como Lydia, sua mulher e mãe do menino.

Laurent começou a dar nas vistas desde muito novo. Com apenas seis anos já estava a começar o ensino secundário.

Agora, o menino já pensa nos próximos passos - o doutoramento. Para isso está a estudar “um pouco de medicina”. Inicialmente, Laurent dizia que queria ser astronauta ou cirurgião, mas agora admite que quer antes criar órgãos artificiais para “prolongar a vida dos doentes”.

O percurso deverá continuar numa universidade conceituada mundialmente, mas a escolha só será revelada mais tarde. Acima de tudo, o pai destaca que quer apenas que Laurent seja feliz.

“Não queremos que ele seja muito sério. Ele faz o que quer. É preciso encontrar um equilíbrio entre ser uma criança e pôr em prática os seus talentos”, considerou.